Bombeiros orientam sobre segurança e alertam para os perigos da água

Publicada em por Jocyelma Santana - Ascom/PGE em Geral

  • Foto: Thiago Sá
    Praia do Prata é uma das mais visitadas na Capital e conta com a vigilância do Corpo de Bombeiros

As praias nos rios e lagos já são marcas registradas do Estado. Para manter a segurança nos balneários, o Corpo de Bombeiros  desenvolve durante todo o ano trabalhos atemporais nas praias fixas da região, como nos municípios de Palmas e Porto Nacional.

Tradicionalmente, o Corpo de Bombeiros atua no processo orientação de banhistas para prevenção de acidentes. Além disso, também é desenvolvido um trabalho de salvamento. “Nós trabalhamos na distribuição de panfletos educativos, nas orientações sobre cuidados com o uso da água e do fogo e também na prevenção e no salvamento”, falou.

Segundo o comandante do 1° Batalhão do Corpo de Bombeiros, Major Geraldo da Conceição Primo, equipes estão instaladas nas duas principais praias da Capital, na do Cajú e na do Prata. “Mas o trabalho não é desenvolvido apenas nesses locais, os bombeiros se deslocam para as outras praias por via aquática, caso haja necessidade, ou em dias de muito movimento”, explicou.

Telas
O Corpo de Bombeiros, através de um Termo de Cooperação assinado com a Prefeitura de Palmas e a Marinha do Brasil, deve auxiliar na instalação de telas e grades de proteção nas praias de Palmas. “Esse trabalho sempre foi realizado com nosso auxílio, estamos aguardando que a prefeitura adquira o material para trabalharmos na instalação”, frisou o Major. Segundo ele, a intenção das telas e grades é evitar o ataque de piranhas e determinar uma linha segura de banho para os frequentadores.

Temporada 
Com a intenção de fomentar o turismo no Tocantins, o Governo do Estado está planejando uma série de ações que devem ser desenvolvidas durante a temporada de praia, dentre essas ações estão as realizadas pelo Corpo de Bombeiros Militar. Em 2013, a corporação pretende desenvolver ações em pelo menos 25 municípios que possuem praias ou balneários, especialmente às localizadas nas margens dos rios Tocantins e Araguaia.

O planejamento da corporação já compõe os 14 municípios beneficiados pelo projeto “Tocantins de Braços Abertos”, lançado essa semana na intenção de estruturar as praias tocantinenses. As cidades beneficiadas são: Peixe, Pedro Afonso, Caseara, Araguacema, Araguatins, Araguanã, Porto Nacional, Juarina, Lagoa da Confusão, Paranã, Tocantinópolis, Filadélfia, Formoso do Araguaia e Itaguatins. Outras, que recebem anualmente o reforço do efetivo do Corpo de Bombeiros, estão tendo suas demandas analisadas. “Fatores como risco para banhistas e aglomerações de pessoas estão sendo utilizados como critérios de seleção”, explicou o Comandante do 1° Batalhão do Corpo de Bombeiros, Major Geraldo da Conceição Primo.

Em média, durante o período de veraneio, são deslocados para as praias tocantinenses de 70 a 80 bombeiros, por final de semana. “As equipes de trabalho variam de 2 a 10 bombeiros, dependendo do tamanho da praia. Esse número de pessoas corresponde a mais de 20% do nosso efetivo operacional que é de 331 homens”, ressaltou o gestor. 

Orientações
O comandante explica que a colaboração da comunidade é fundamental para evitar e reduzir os índices de acidentes. Segundo ele, em 2012, foram registradas 49 mortes por afogamento. “Esses óbitos mostram que o banhista não tem orientação nem prudência para a utilização dos rios”, disse.

Para evitar problemas durante a temporada do lazer, o Corpo de Bombeiros dá dicas de segurança:
• Tomar banho em local seguro e conhecido; 
• Evitar mergulho profundo
• Respeitar as sinalizações do Corpo de Bombeiros
• Só entre na água para salvar alguém se souber nadar
• As embarcações devem ser pilotadas por maiores de 18 anos, com carteira de habilitação fornecida pela Marinha; 
• Em embarcações, o uso de coletes é obrigatório.

Érica Lima - ATN