ATUALIDADES 30/11/2017 - 20:13 - Jocyelma Santana - Jornalista PGE/TO

Urologista enfatiza importância de prevenção ao câncer de próstata no Novembro Azul da PGE

Urologista destaca importância da prevenção no Novembro Azul da PGE Urologista destaca importância da prevenção no Novembro Azul da PGE - Jocyelma Santana - Jornalista PGE/TO
Urologista destaca importância da prevenção no Novembro Azul da PGE Urologista destaca importância da prevenção no Novembro Azul da PGE - Jocyelma Santana - Jornalista PGE/TO
Urologista destaca importância da prevenção no Novembro Azul da PGE Urologista destaca importância da prevenção no Novembro Azul da PGE - Jocyelma Santana - Jornalista PGE/TO

A última palestra da programação do "Novembro Azul na PGE: porque cuidar da saúde também é coisa de homem" foi com o médico urologista Paulo Faria Barbosa na tarde desta quinta-feira, 30. O médico enfatizou a importância da prevenção para identificar qualquer alteração na próstata e garantir qualidade de vida ao homem.

Faria comparou a presença feminina e masculina nos consultórios médicos. "Mulheres fazem exame ginecológico desde os 15 anos de idade, mas os homens não", disse. Por isso, solicitou que quem tiver casos na família de câncer de próstata deve redobrar a atenção, antecipando para os 40 anos as visitas regulares ao urologista. "Quem tiver na família algum caso, abre o olho. Parente até terceiro grau com câncer de próstata é um indicativo, porque tem 50% a mais de chance de ter o mesmo problema", destacou. 

O médico disse que o câncer de próstata é o segundo tipo que mais atinge pessoas na fase adulta e só perde para o de pele, no Brasil. Quando um homem não tem registro deste tio de câncer na família, pode retardar as idas ao especialista para os 55 anos em diante. Segundo o especialista, "o aparecimento do câncer é uma realidade e ainda não sabemos se é em função da melhoria do diagnóstico ou por conta, por exemplo, da alimentação com mais conservantes".  

Por isso, além do fator hereditariedade, outros também devem ser levantados no histórico do paciente, tais como obesidade, sedentarismo, tipo de alimentação.  Outra questão a ser observada são alguns sintomas, de retenção ou obstrução urinária, indicando o aumento no tamanho da próstata, que é uma glândula auxiliar do sistema genital masculino.  Como parte da prevenção, recomenda-se a realização de exame de sangue (PSA) regular e exame de toque retal - caso haja indicador de necessidade. 

Por fim, o médico fez questão de dizer que mais do que impor regras de alimentação, conduta, ele prefere recomendar que se viva bem. "Tente achar prazer no que faz, saia para conversar com os amigos, evite os excessos - de bebida, de alimentação". E se previna. 

Depois da palestra, a organização do Novembro Azul sorteou vários brindes para os servidores presentes. 
 

Compartilhe esta notícia