ATUALIDADES 31/10/2018 - 14:37 - Jocyelma Santana - Jornalista PGE/TO

Servidores da PGE fazem despedida para procuradora do Estado que se aposentou

PGE Nivair Borges destaca atuação da procuradora Maristene Sena PGE Nivair Borges destaca atuação da procuradora Maristene Sena - Ascom/PGE
Procuradores do Estado Rodrigo de Meneses e Maurício Morguetta também homenagearam colega Procuradores do Estado Rodrigo de Meneses e Maurício Morguetta também homenagearam colega - Ascom/PGE
Procuradora Maristene Sena agradeceu homenagens Procuradora Maristene Sena agradeceu homenagens - Ascom/PGE

Na manhã desta quarta-feira, 31, servidores, assessores e procuradores do Estado participaram de uma singela cerimônia de despedida da procuradora do Estado, Maristene Sena Barcellos, no auditório da Procuradoria Geral do Estado do Tocantins, em Palmas(TO). A procuradora se aposentou depois de mais de 30 anos de contribuição previdenciária, a maior parte deste tempo, atuando na PGE/TO. A cerimônia foi aberta pelo Procurador-Geral Nivair Vieira Borges, com uma oração de agradecimento pelos anos de serviços prestados por Maristene Sena. 

A goiana Maristene, formada em Direito pela Universidade Católica de Goiás, veio para o Tocantins logo após a sua criação e começou a trabalhar na Advocacia Geral do Estado, em outubro de 1991. Depois, por meio de concurso público, em 1994, tomou posse como procuradora do Estado, junto com outros colegas, alguns dos quais permanecem até hoje na Instituição, ainda em atividade, como as colegas Vânia Lúcia Maciel Mendes Milhomem e Irana de Souza Coelho Aguiar.

Ao usar a palavra durante a cerimônia, o relacionamento respeitoso e carregado de amizade foi destacado pela procuradora Irana.  "Sentimentos opostos se confundem no seu íntimo agora, mas podemos dizer que você cumpriu totalmente os compromissos assumidos nos melhores anos da nossa juventude, quando lhe conheci", ao se referir ao tempo de trabalho que Maristene dedicou ao Tocantins. Já Vania Lúcia disse que encontrou em Maristene um "alento", quando ambas se mudaram para o Tocantins vindas de Goiás. E procuraram se ajudar no período inicial de adequação à nova realidade funcional e familiar, mas também, juntas, motivaram-se para prestar o concurso e seguir carreira na PGE. 

O colega de especializada, procurador do Estado Bruno Nolasco, também enfatizou o misto de emoções no momento oficial da despedida. "A gente sente felicidade e tristeza", disse, "mas é um ciclo de vida". Ao destacar a atuação de Maristene na Subprocuradoria Judicial, enfatizou que "a gente doa o nosso tempo de vida aqui na PGE e com voce não foi diferente". Por isso, fez questão de dizer Nolasco, "a gente respeita toda essa sua trajetória e ao mesmo tempo, a gente se sente um pouco órfão, porque lá na Judicial voce é como uma mãezona que está sempre disposta a dar uma palavra amiga... voce veio para a Judicial para fazer diferença". Ao finalizar suas palavras, Bruno desejou: "eu queria que você saisse daqui com esta certeza, que voce muito mais ensinou a gente do que qualquer outra pessoa possa ter ensinado a você. Você fez um trabalho excelente"! 

Depois das palavras de carinho e homenagens recebidas, de forma emocionada e tranquila, a procuradora Maristene Sena fez vários agradecimentos. Entre eles,
a Deus por ter passsado no concurso da Procuradoria Geral do Estado, à familia - marido e filho - que soube compreender as constantes e prolongadas ausências, aos colegas de carreira, em especial,  Maria das Graças Rodrigues Hoffmann, Irana Coelho, Sérgio do Vale, Bruno Nolasco, Lucélia Sabino, Vania Lúcia Maciel Mendes; ao procurador-Geral, Nivair Vieira Borges, "por sua humildade no trato com todos nós", e a toda equipe de servidores das mais diversas áreas. 

Ao final, todos participaram do café da manhã partilhado e organizado pelos colegas, com apoio da PGE e da Associação dos Procuradores do Estado do Tocantins(APROETO). 

Confira galeria de fotos