ATUALIDADES 08/03/2018 - 16:32 - Thelma Maranhão - Jornalista PGE

Problemas emocionais: tema de palestra na PGE neste Dia Internacional da Mulher

Fisioterapeuta tratou de cuidados com a saúde Fisioterapeuta tratou de cuidados com a saúde - Ascom PGE TO

Como manter-se saudável em mundo doente? Como esse questionamento, o microfisioterapeuta Gustavo Seimetz dirigiu sua palestra, durante evento sobre o Dia da Mulher, na Procuradoria Geral do Estado, nesta quinta-feira, 8, que enfocou assuntos relacionados às toxinas modernas, conflitos emocionais, desnutrição, e também apontou os possíveis tratamentos. Segundo ele, 80% das doenças existentes são geradas por conflitos emocionais.

Em sua concepção, a mulher carrega um fardo pesado demais, por vários fatores: hormonais, ansiedade, nível elevado de stress, medicamentos, entre outros. Para ele, a chance de um fumante contrair câncer é a mesma da mulher que faz uso rotineiro de anticoncepcionais.

Gustavo Seimetz desfiou uma série de problemas adquiridos através do estilo de vida contemporâneo, e, como saída, apontou a prevenção e tratamento através da medicina germânica, microfisioterapia, e medicina funcional. Segundo ele, com técnicas específicas é possível rastrear as toxinas encontradas no corpo e, a partir daí, diagnosticar o problema e o tratamento adequado.

Outra preocupação do profissional é quanto aos alimentos. De acordo com estudos, até 2020, 75% das doenças serão provenientes da má alimentação. “Procurar consumir produtos naturais é o caminho para ter uma vida longa e saudável. Não à toa, o índice de longevidade alcançada é ranqueado por pessoas praticantes de esportes e consumidores de alimentos naturais”, alertou.