Notícias 13/10/2020 - 12:35 - Thelma Maranhão - Jornalista PGE/TO

A ex-procuradora, Thais Rocha, aconselha as mulheres a olharem para si com mais atenção

Thaís Rocha Thaís Rocha - Reprodução

Dando prosseguimento à campanha Juntas, relacionada ao Outubro Rosa, da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e da Associação de Procuradores do Tocantins - Aproeto, a procuradora aposentada, Thais Ramos Rocha, acometida por câncer de mama, anos atrás, compartilha conosco sua história de luta e de superação. 

Essa fase, segundo ela, foi muito difícil, mas também de aprendizado e, o seu depoimento, pode servir de alerta para as mulheres que não dão a atenção merecida a seu corpo e que também não costumam fazer os exames regularmente. 

A ex-procuradora, Thaís, descobriu que estava com a doença em novembro de 2013, já em estágio avançado, mesmo realizando exames com certa regularidade. Por isso, ela recomenda a todas as mulheres a fazerem os exames de toque frequentemente e, de mama, ao menos uma vez por ano, conforme as orientações médicas. 
 
Ela ressalta que o câncer, quando descoberto precocemente, tem cura e é mais fácil de tratar, por isso que adverte para a importância da prevenção. Outra dica, para quem porventura venha a ser diagnosticado com a doença, é não se desesperar, se abalar terrivelmente, mas sim agradecer. Pois, quanto mais rápidas forem tomadas as medidas para o tratamento, melhor será a resposta do organismo, evoluindo mais rapidamente para a cura.

A PGE, como testemunha da batalha enfrentada por essa ferrenha defensora das causas públicas e pioneira na Instituição, orienta as servidoras a se manterem atentas aos sinais do seu corpo. Vocês dependem dele e ele depende dos seus cuidados. Esse mesmo posicionamento é endossado pela Aproeto, que reforça: Ame-se, cuide-se!💗

#JUNTAS #pgeto#aproeto#procuradora #outubrorosa