Notícias 04/03/2021 - 13:47 - Thelma Maranhão - Jornalista PGE/TO

Celebração antecipada do Dia da Mulher na PGE tem palestra com psicóloga

Psicóloga falou sobre transpor barreiras diante das adversidades. Psicóloga falou sobre transpor barreiras diante das adversidades. - Reprodução

Como a pandemia ainda não deu trégua, a comemoração do Dia da Mulher, celebrado mundialmente em 8 de março, foi antecipada na Procuradoria-Geral do Estado, para esta quinta-feira, 4. Com transmissão pelo Google Meet e YouTube, a psicóloga Cynthia Miranda, apresentou nesta manhã, técnicas e sugestões de como transpor barreiras diante das adversidades.

Segundo ela, como o barco não pode parar, mesmo navegando sob tempestades e águas turbulentas, precisamos seguir, mantendo a calma, aceitando os fatos, e reconhecendo a  nossa impossibilidade momentânea de ação. Se desesperar só vai trazer mais problemas para uma situação que já está complicada".

Falando diretamente para as mulheres, que têm sob seus ombros uma carga maior de tarefas e também emocional, ela sugeriu técnicas simples, mas necessárias para manter a calma, como respirar, chorar, desabafar. Entender que há situações que não podemos controlá-las e, por vezes, resovê-las. Nesse momento, é preciso compreender e aceitar a nossa incapacidade de ser solução para tudo e buscar ajuda profissional, familiar, ou mesmo de um conselheiro religioso ou de amigos. Geralmente, essas pessoas conseguem enxergar além de nós e possíveis de nos apontar saídas.

No trabalho, quando somos obrigadas a cumprir tarefas dentro de um prazo limite, e a conviver com outras pessoas que, as vezes,  estão passando por momentos difíceis, é necessário ter empatia com o colega, "se ele está mais para cacto, espinhento, seja leve, seja orquídea". E para a pessoa que está envolta no problema, a psicóloga Cynthia disse: "Tudo tem solução. Espere, mantenha a serenidade, ore. Seja resiliente, você vai conseguir ultrapassar essa barreira, é só ter objetivos claros, com planejamento, cautela, pesando as consequências dos seus atos".

A vida é feita de fases. Nem sempre, só de boas, o que muda é a forma como as encaramos. Nessas situações, a verdadeira "tragédia" de um problema não está nas suas consequências reais, mas, sim, na nossa atitude perante a adversidade em si. "Independente da situação que esteja vivendo, se encha de pensamentos bons, tenha esperança que tudo vai se resolver, foque na solução e aja. Mantenha sua meta, seus objetivos e sonhe".  Como diria Shakespeare, somos feitos da matéria dos nossos sonhos, então sigamos, com fé, força e perseverança!

O procurador-geral do Estado, Nivair Vieira Borges, iniciou o evento desejando à todas as mulheres da PGE, ânimo, tranquilidade. Reiterando que "aqui somos uma família, onde podem contar sempre uns com os outros. Vivemos um período sombrio, mas, juntos, vamos ultrapassá-lo e vencermos". Essa ação foi promovida pelo Centro de Estudos com apoio da Assessoria de Comunicação, e a Coordenação de Tecnologia da Informação, que viabilizou a transmissão.